O Belenenses venceu esta tarde o Olivais e Moscavide por 0-2 na deslocação ao Estádio Alfredo Marques Augusto, em partida da 13ª jornada do do Campeonato da II Divisão da AFL, um triunfo alcançado com golos de Bruno Botas e João Oliveira. Esta vitória permite aos azuis somarem por vitórias os treze jogos disputados para o campeonato, atingindo os 39 pontos na tabela, um registo exemplar que mantém nove pontos de vantagem sobre o At. Cacém, elevando para dezasseis pontos a vantagem sobre o grupo de terceiros classificados.Até ao momento, são quarenta e cinco golos marcados e nove sofridos a duas rondas do final da primeira volta.

Numa tarde de sol marcada pela despedida de João Santos que foi hoje capitão de equipa, foi enorme a falange de apoio ao Belenenses que se deslocou a Moscavide no apoio à nossa equipa, a encher por completo os sectores que lhe estavam destinados, num apoio entusiástico ao conjunto orientado por Nuno Oliveira. Frente a uma boa equipa, fisicamente forte e muito organizada, não foi fácil ao Belenenses tomar conta do jogo de forma clara, antes se assistindo a uma partida repartida e em que os dois conjuntos procuravam o último terço. E não obstante o maior ascendente dos azuis, a desperdiçarem alguns golos feitos, foi com um nulo que se atingiu o intervalo.

A segunda metade pedia um maior atrevimento e aí se assistiu a um Belenenses mais mandão, mais esclarecido, com troca de bola mais eficaz. Começava a adivinhar-se o golo que surgiu por intermédio de Bruno Botas a cabecear oportuno na sequência de um lance em que a bola cruzou por mais do que uma vez a área da formação da casa. Um golo que deixou o Olivais e Moscavide mais afoito na procura da área defendida por Rodrigo, que a espaços teve que se aplicar para manter a vantagem. Os azuis do Restelo controlavam a partida e procuravam o golo da tranquilidade, mas alguma ineficácia no último remate foi arrastando a vantagem mínima, que apenas a instantes do final se alargou na sequência de um grande remate cruzado de João Oliveira. Uma vitória justa da melhor equipa e da que mais eficaz se mostrou ao longo dos noventa minutos, frente a um conjunto sólido e que foi capaz de, aqui e ali, criar problemas à nossa equipa.

No final do encontro, destaque para a emotiva despedida a João Santos, muito acarinhado por colegas de equipa e pela massa associativa que lhe agradeceu todo o empenho demonstrado, chamado para múltiplas fotografias e abraços e a não esconder a emoção do momento. Até breve, João!

O técnico Nuno Oliveira fez alinhar Rodrigo; João Oliveira, André Serra, Ilmo e David Varges; Benny Ribolhos, Sénica, Rui Janota, João Santos (capitão), Alcario e Bruno Botas. No banco, à disposição da equipa técnica, estavam Tomás Foles, Alex Figueiredo, Pedro Fogeiro, Tomás Correia, Miguel Oliveira, Rivaldo e Ruben Braga.

O campeonato regressa já no próximo domingo no Estádio do Restelo, às 15h00, numa recepção ao Atlético do Cacém para o duelo de líderes na 14ª jornada.

Confira os resultados da 13ª jornada:

Olivais e Moscavide, 0 – Belenenses, 2
At. Cacém, 6 – Estoril Praia B, 0
Mem Martins, 1 – Cascais, 1
Santo António, 2 – Oeiras, 3
ADCEO, 2 – Algés, 0
Águias da Musgueira, 0 – Linda-a-Velha, 3
Águias de Camarate, 1 – Fontainhas, 1
Bobadelense, 4 – Porto Salvo, 2

Confira a classificação após a 13ª jornada:

Futebol Classificação | Jornada 13