Daniela Inácio era uma jovem nadadora do Belenenses que mostrava qualidades (por exemplo, em 2007, foi Campeã Nacional dos 400m, 800m e 1500m) mas para quem as provas em piscina não pareciam ter duração suficiente para potenciar todas as suas capacidades.

Em boa hora tentou as provas de Águas Abertas, fez nelas uma aposta forte e rapidamente se impôs. Logo em 2007, com apenas 16 anos, foi Campeã Nacional de 5 km e 10 km, ficou em 10º lugar na Taça do Mundo e em 6º nos Campeonatos Europeus de Juniores.

No ano seguinte, 2008, foi 6º na Taça do Mundo e, já perto do limite, garantiu a presença nos Jogos Olímpicos, que tinham lugar em Pequim.

Foi com 17 anos que participou nesta grande competição. Obteve um muito razoável 17º lugar, uma das melhores classificações na delegação Portuguesa.

Durante mais uns meses, a Daniela continuou a registar excelentes e progressivos resultados, e parecia fadada parta grandes proezas – quem sabe, para uma medalha, ou perto disso, nas Olimpíadas seguintes. No entanto, resolveu abandonar a Natação e emigrar…

Apesar desta decepção final, deixou o seu nome na história do Belenenses, estando entre os 11 atletas azuis já presentes em Jogos Olímpicos. A grandeza de um clube também se vê – e bastante – nestas coisas, e esperamos que o número aumente em próximas edições. E, se nos é permitida a opinião, há apostas que se talvez se possam planear…

JMA