Em dia de festa marcado pelo regresso ao mítico Campo das Salésias, o Belenenses venceu o Amavita Foot por 8-1 em partida da 25ª jornada da Série 2 da I Divisão da AFL, com golos de Evandro, Ricardo Viegas (2), João Santos (2), Afonso Alcario (2) e André Serra. Um triunfo que coloca a equipa da Cruz de Cristo com 70 pontos, numa caminhada feita de vinte e três vitórias, um empate e uma derrota, com 114 golos marcados e doze sofridos.

Numa jornada de grande belenensismo, a festa do regresso à casa onde o Belenenses se sagrou Campeão Nacional em 1945/46 teve início no Estádio do Restelo, de onde uma multidão equipada a rigor partiu pelas ruas de Belém e da Ajuda – com direito a paragem junto à casa de Pepe na Rua do Embaixador – rumo ao palco da 25ª jornada. Uma caminhada com grande impacto perante os muitos milhares de pessoas que passeavam por Belém numa tarde de sol, a despertar o interesse de muitos turistas e a merecer de forma unânime o respeito de quem via passar aquele enorme mar de gente em tons de azul.

Duas horas depois da partida do Restelo e numa tarde de futebol à moda antiga, o público entusiástico que lotava as Salésias viu um Belenenses a entrar muito forte no encontro e de olhos postos na baliza contrária, inaugurando rapidamente o marcador através de uma assistência de Sénica para a finalização de Evandro. Num jogo marcado por grande fair-play perante um adversário que procurou jogar futebol sem nunca recorrer ao anti-jogo, assistiu-se a uma primeira parte de sentido único que permitiu aos azuis chegarem ao intervalo a vencer por 4-0.  A segunda metade não alterou significativamente o rumo do encontro mas tomou contacto com um Amavita mais atrevido e a procurar chegar mais vezes à área dos azuis. Neste período, destaque para o golo de honra do adversário mas sobretudo para o regresso aos relvados de Ruben Braga após lesão prolongada e para a estreia do guarda-redes André Bicho.

O final do encontro conheceu uma tradicional invasão de campo em ritmo de festa, com adeptos e grupo de trabalho em clima de grande comunhão e convívio durante largos minutos, na linha do que se tem verificado ao longo de toda a temporada.

O técnico Nuno Oliveira apresentou um onze composto por Afonso Nunes; Evandro, André Serra, Alex Figueiredo (Cap.) e Jojó; Sénica, Benny, Ricardo Viegas, Tomás Castro, Varela, e João Santos. No banco, às ordens da equipa técnica, estavam disponíveis André Bicho, Miguel Matos, Ilmo, João Trabulo, Pedro Rosário, Afonso Alcario e Ruben Braga.

O Belenenses volta a jogo no próximo dia 5 de Maio, às 16h00, na deslocação ao terreno do CD Belas, uma das equipas que esta época mais dificuldades criou aos comandados de Nuno Oliveira.

Confira os resultados da 25ª jornada:

Belenenses, 8 – Amavita, 1
Fund. Salesianos, 3 – Operário, 2
Porto Salvo, 2 – Assoc. Torre, 0
CD Belas, 1 – Talaíde, 1
Trajouce, 1 – Carcavelos, 0
Malveira da Serra, 1 – CDOM-PN, 2
SL Olivais, 5 – Estrela, 0
Abóboda, 2 – Linda-a-Velha B, 1

Confira a classificação após a 25ª jornada:

Futebol Classificação | Jornada 25